segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Como estudar sem dinheiro



Na hora de começar os estudos, muita gente acaba desistindo logo de cara: não tenho dinheiro! Mas esse problema atualmente acaba virando uma desculpa, porque, com a facilidade de acesso a bibliotecas, internet wifi, materiais e aulas gratuitos, a falta de dinheiro não justifica mais o adiamento dos estudos.

Mas muitas pessoas simplesmente desconhecem as formas de se estudar sem ter que pagar por aulas, cursinhos etc., então aqui segue um guia com várias opções gratuitas e/ou de preço bem reduzido.

Aulões: é muito comum que os cursinhos preparatórios ofereçam aulas gratuitas (ou quase, exigindo apenas 1kg de alimento, por exemplo) para divulgar os cursos, ajudar instituições de caridade, promover os professores etc. Fique de olho nos sites dos cursinhos da sua cidade – eu costumo entrar uma vez por semana – para verificar se haverá algum aulão gratuito ou de preço reduzido. Faça sua inscrição com antecedência, pois essas aulas costumam lotar rapidamente. Além disso, pode ser que haja sorteio de cursos, livros etc.

Concursos de bolsa: também é comum que os cursos preparatórios ofereçam concursos de bolsas de estudos, uma vez por ano ou por semestre. Mais uma vez, é preciso ficar de olho nos sites, para descobrir as datas, valores de inscrições (quando são pagas, costumam ser baratas, em torno de vinte reais), conteúdos cobrados. Dependendo da nota, é possível conseguir descontos de até 100% nos cursos oferecidos pela instituição!

Bazar de livros: é possível que alguns desses cursinhos organizem bazares para liquidarem livros e apostilas de edições passadas, para iniciarem a venda das edições novas. É possível encontrar livros de conteúdo, de exercícios, cadernos de provas e outros materiais a preços bem reduzidos – mesmo que a edição não seja a mais atual, costuma valer a pena. Também há muitos livros e apostilas em sebos, é só procurar.

Cursos voluntários: procure se na sua cidade existem cursos oferecidos por voluntários – é preciso pesquisar. Alguns lugares oferecem aulas sem custo nenhum. Normalmente, é difícil conseguir vaga, então você deve procurar com antecedência.

Internet: ah, a boa e velha internet. Aqui, há um mundo de oportunidades para estudar sem ter que pagar por cursos ou conteúdos. E cada vez mais locais públicos oferecem acesso à rede wifi sem custo nenhum, o que vai facilitando a vida de muito concurseiro.

(tentei colocar todos os links com acesso direto ao que interessa, para quem quiser baixar legislações, áudios etc.)

Vídeos online: nos sites de exibição de vídeos, como o Youtube, você encontra milhares de vídeos com conteúdos cobrados em provas de concursos. Pode procurar pela página da TV Justiça, por exemplo, que oferece diversas aulas no programa “Saber Direito”; ou pode procurar pelo nome da disciplina – por exemplo, “suprimento de fundos”, “uso da crase” e por aí vai; pode procurar ainda pelo nome de algum professor. Enfim, não falta conteúdo em vídeo na internet, basta pesquisar pelo que você deseja.

Bancos de questões: você pode fazer um cadastro gratuito em sites de questões de provas, para resolver questões online, visualizar e fazer comentários, tirar dúvidas, trocar materiais, receber notícias sobre concursos, entre várias outras utilidades. Normalmente, esses sites oferecem uma versão de cadastro pago, que oferece algumas opções adicionais, e cabe a você decidir se compensa. Alguns exemplos de sites desse tipo são o “Até Passar”, “Concurseiro Social” e “Questões de Concursos”.

Blogs e sites especializados: existem milhares de páginas na web com conteúdos específicos para concursos. Muitos professores, estudantes, juízes, instituições etc. gostam de divulgar seus materiais, ou amostras de cursos, dicas, comentários de provas e outros conteúdos muito úteis para quem está estudando. Vale a pena conhecer alguns e acompanhar os que mais te interessem. Como exemplo, existem o “Jurisway”, “William Douglas”, “Rogério Neivaentre outros.

Páginas de órgãos públicos: no site do Planalto, por exemplo, você pode baixar as leis de que precisa para seu concurso. Outros sites, como o da Câmara dos Deputados, oferecem diversos materiais gratuitos – resumos, revistas online, “PDF’s”, até conteúdos em áudio – que são muito úteis e podem ser baixados de graça. O site do Senado (mais especificamente o ILB) oferece cursos gratuitos, inclusive com emissão de certificado – e alguns podem até contar para análise de títulos! Enfim, não custa nada fuçar as páginas dos órgãos públicos e procurar por conteúdos gratuitos, há muito mais do que você imagina.

Aplicativos: é possível baixar vários programas interessantes para o seu computador ou celular, a exemplo de simuladores de provas de digitação, compilações de notícias do mundo todo (útil para quem precisa estudar inglês para a prova, por exemplo, porque é possível ler jornais como o New York Times) e gerenciadores de tempo/concursos/disciplinas/rendimento. Eu mesma possuo dois aplicativos interessantes, o “Global News” e o “Gabaritar”, ambos muito úteis (os meus são para celular “Android”, mas basta procurar os aplicativos disponíveis para o seu aparelho ou computador, e com certeza haverá mais de uma opção disponível).

ps: veja também o post específico sobre aplicativos para estudar

Redes sociais: atualmente, cada vez mais cursos preparatórios e professores buscam se integrar às redes sociais para divulgar seus trabalhos, promover cursos e livros, e os concurseiros são os que mais ganham com isso. Quem segue os cursos e professores é beneficiado com informações acerca de novos concursos, materiais – muitas vezes gratuitos –, dicas de prova, resolução de questões de concursos recentes, recursos contra itens de provas, entre outros. Então, pesquise no Twitter, no Facebook etc., com cuidado pra não abusar!

ps: veja também o post específico sobre como usar o Facebook a favor dos estudos

Enfim, algumas dessas dicas podem sair absolutamente de graça, outras podem exigir custos reduzidos, mas a verdade é que é plenamente possível conseguir diversas opções de estudos a baixo ou nenhum custo. Se você tiver persistência e pesquisar, verá que dá para aprender MUITA coisa sem ter que pagar. É claro que é sempre bom poder frequentar um cursinho, ou comprar livros novos, mas com disciplina e força de vontade você pode dar um grande passo em direção à sua aprovação sem ter que pôr a mão no bolso.

5 comentários:

  1. Obrigado.Ótimas dicas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De nada! Fico muito feliz quando alguém aproveita as dicas :)

      Excluir
  2. Obrigado pelas ajudas continue fazendo mais post deste nível .

    ResponderExcluir
  3. Muito bom! Me ajudou bastante, pois sou iniciante, não tenho dinheiro e não sei por onde começar. Obrigada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!!! Espero que as dicas sejam úteis :) Obrigada pelo feedback

      Excluir

Deixe sua dica também! Ou dúvida, desabafo, experiência...